Paciente com hérnia sai de cirurgia sem a vesícula: 'Estou indignado'

Um paciente do hospital São Lucas, em Santos, no litoral de São Paulo, acusa um cirurgião de erro médico após dar entrada para operar uma hérnia inguinal e sair do centro cirúrgico sem a vesícula. Segundo informações do G1, o hospital abrirá inquérito para apurar o que aconteceu, no entanto, o paciente Daniel Francisco de Carvalho, de 39 anos, afirmou que foi diagnosticado com uma hérnia inguinal do lado esquerdo, por meio de um exame de imagem. "Procuramos o cirurgião, e ele me disse que, antes da cirurgia, inseriu uma câmera para dar uma 'geral' em todos os órgãos, percebeu que minha vesícula tinha um problema e decidiu fazer a remoção. Perguntei se não era mais fácil operar a hérnia e comunicar minha esposa sobre o outro possível procedimento, e ele disse que fez 'um favor de irmão' para mim, para me ajudar. Ele retirou meu órgão sem autorização, sem comunicar minha esposa ou minha mãe, que estavam no hospital", disse ao G1.

"Foi erro médico. Ao sair da cirurgia, ele foi embora. Só percebeu o que tinha feito quando minha esposa ligou para ele. Estou indignado, sofri um prejuízo físico e emocional, para mim e para toda minha família. No fim das contas, não operei a hérnia", afirmou Daniel.

O diretor administrativo do Hospital São Lucas, Sérgio Paes de Melo, divulgou uma nota ao G1 em que diz: "Com respeito ao assunto da retirada de vesícula do paciente, informamos que abrimos inquérito médico-administrativo para saber a posição do médico assistente".

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*