Os primeiros eliminados da Copa 2018: Arábia Saudita, Egito e Marrocos

Com o começo da segunda rodada, a Copa do Mundo conheceu os seus primeiros eliminados: Arábia Saudita, Egito e Marrocos. As três equipes, derrotadas nesta quarta-feira, não têm mais chance de classificação e jogarão apenas para cumprir tabela no desfecho da fase de grupos. Além da eliminação precoce, Arábia Saudita, Egito e Marrocos têm outra característica em comum. Eles fazem parte do grupo de sete países com pelo menos 90% de população islâmica no Mundial, que, por isso, tem sido chamada de "Copa mais muçulmana da história". O primeiro eliminado do dia foi o Marrocos. A atuação contra Portugal não chegou a ser ruim, mas o talento de Cristiano Ronaldo foi demais para os marroquinos, que perderam por 1 a 0, com gol do astro. Com o resultado da estreia, outra derrota pelo mesmo placar, dessa vez para o Irã, os Leões do Atlas tiveram que dizer adeus ao Mundial. Momentos depois, a bola rolou para o confronto entre Arábia Saudita e Uruguai. Os árabes vinham de uma goleada por 5 a 0 contra a Rússia e não foram capazes de somar um ponto sequer contra os sul-americanos. Notícia ruim também para o Egito, que precisava de uma vitória da Arábia Saudita para continuar vivo na competição. O gol de Luis Suárez foi suficiente para garantir a vitória dos uruguaios por 1 a 0 e dar fim, ao mesmo tempo, ao sonho de sauditas e egípcios, que agora se enfrentam na próxima rodada. Nesta quinta-feira, dependendo da combinação de resultados, Austrália e Peru, que enfrentam Dinamarca e França, respectivamente, podem se juntar ao grupo de eliminados ainda na segunda rodada. (O Globo)


0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*