Naldo é condenado a quatro meses de prisão por agredir e ameaçar Moranguinho

O cantor Naldo Benny foi condenado a quatro meses de prisão por ter agredido e ameaçado a mulher dele, Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho. A informação foi divulgada no entanto, a sentença foi dada no dia 30 do último mês, pela juíza Ana Paula Melduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. A pena dada ao artista foi a mínima, referente aos crimes de lesão corporal e ameaça. No entanto, ele não precisará cumprir a pena. Isto porque Naldo recebeu o benefício de suspensão condicional da pena por dois anos, caso cumpra medidas como “participação em grupo reflexivo para homens, nas situações de violência doméstica e familiar contra a mulher”. 

Relembre o caso

O funkeiro Naldo foi acusado de agressão contra sua esposa, Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, no dia 6 de dezembro do ano passado. A moça chegou a deixar a casa que morava com o cantor, no Rio de Janeiro, e levou sua filha junto. Um laudo feito pelo Instituto Médico Legal (IML) comprovou as agressões e apontou que Ellen recebeu uma garrafada nas costas e foi ameaçada de morte. Após toda polêmica, Moranguinho decidiu perdoar Naldo e os dois reataram o casamento. Além de Moranguinho, a ex-esposa de Naldo, Branka Silva, também contou ter sido agredida pelo cantor. Em entrevista ao programa Superpop, da Rede TV, a moça revelou que o funkeiro sempre foi muito ciumento e que ela demorou para se separar por conta do filho do casal, Pablo Jorge, que hoje tem 19 anos. (Aratu)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*