Temer 'menosprezou quem trabalha', diz presidente da Fecomércio-BA

Reeleito presidente da Fecomércio-BA (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia), Carlos Andrade afirmou que o governo de Michel Temer (MDB) "menosprezou quem trabalha". Em entrevista a Mário Kertész, na Rádio Metrópole, ele destacou os efeitos negativos da greve dos caminhoneiros no estado. "É lamentável. Dependemos do transporte a diesel, a gasolina. Não temos ferrovias, hidrovias. Os caminhoneiros estão certos. Acho que [o governo] poderia ter dialogado melhor. O governo demorou", afirmou. "Estamos perdendo R$ 50 milhões por dia em Salvador e na Região Metropolitana. No estado, são R$ 150 milhões. Essa é a nossa estimativa. É muito. No fim do mês, quem paga nossos funcionários? E nossos encargos? Cadê Brasília?", questionou. O movimento que pede a diminuição do preço do diesel entrou no 9º dia. (M1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*