Ex-vereador do PT é denunciado por morte em frente ao Instituto Lula

O ex-vereador do PT, Manoel Eduardo Marinho, de Diadema (SP), foi denunciado juntamente com seu filho Leandro Eduardo Marinho, pelo Ministério Público do estado nesta quarta-feira (9), por tentativa de homicídio contra Carlos Alberto Bettoni, praticada em frente ao Instituto Lula. De acordo com a Folha de S. Paulo, Bettoni, que é empresário, foi agredido após insultar o senador Lindbergh Farias. Ele foi empurrado, bateu a cabeça no para-choque de um caminhão e sofreu um traumatismo craniano. De acordo com a promotoria, os dois não prestaram socorro ao empresário "assumindo o risco de que a morte pudesse ocorrer". Eles são foram indiciados por tentativa de homicídio por motivo torpe e meio cruel. Bettoni foi operado e permaneceu internado por mais de 20 dias na UTI do hospital São Camilo, em São Paulo. No final de abril, foi para casa, com restrições de autonomia. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*