Procurar Notícia

Ex-gerente da Transpetro revela que arrecadava e pagava propina para políticos baianos

O ex-gerente da Transpetro, José Antônio de Jesus, preso na Lava Jato desde novembro de 2017, está falando o que sabe aos investigadores. Mas nem tudo. De acordo com informações da coluna Satélite, do jornal Correio, José Antônio revelou que arrecadava e distribuía propina para políticos baianos. Os recursos eram obtidos em negócios firmados por empresas com a Transpetro. No entanto, ele não quis citar os nomes dos políticos que receberam o dinheiro. A estratégia teria sido adotada por orientação da sua defesa jurídica. De acordo com o Ministério Público Federal, o ex-gerente recebeu R$ 2,3 milhões em propina. Em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro no último dia 20 de abril, José Antônio afirmou que repassava a agentes políticos 1,2% dos valores dos contratos firmados com a subsidiária da Petrobras entre 2009 e 2014. A tática de manter os nomes dos beneficiados com propina em segredo, alguns deles com foro privilegiado, foi interpretada como um gesto que pode resultar em acordo de delação premiada. (Bocão News)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*