Romário tem carteira de habilitação cassada pelo Detran-RJ

O senador Romário (Podemos-RJ) está com a carteira de habilitação suspensa desde março de 2016. Em 2017 ele teve o documento cassado, depois de ter sido flagrado duas vezes dirigindo sem a habilitação no passado. Segundo O Globo, a suspensão ocorreu porque o ex-jogador estava sem os documentos do veículo e se recusou a soprar o bafômetro ao ser abordado em uma blitz. O Detran-RJ informou ao site que foram abertos dois processos para cassação do documento do ex-jogador, um deles em abril e o segundo em junho do ano passado. Ambos foram concluídos em 2017 e não cabem recurso. De acordo com o artigo 263 do Código Brasileiro de Trânsito (CBT), Romário deve permanecer sem dirigir por dois anos por ter sido pego conduzindo com a carteira suspensa. Passado esse período, o infrator precisa requerer uma reabilitação, realizando exames previstos pelo CONTRAN. A suspensão da carteira do senador aconteceu e março de 2016, após ele ter recursos negados pelo Detran-RJ. A penalidade se refere a uma blitz da Operação Lei Seca, em fevereiro de 2012, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, quando ele se recusou a fazer o teste do bafômetro ao ser abordado.

Na ocasião, Romário se defendeu, questionando o procedimento formal no auto da infração e alegando não ter sido notificado formal e pessoalmente. Procurada, a assessoria do senador ainda não retornou as ligações ao Globo.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*