Com entrosamento entre baiana e gaúcha, Brasil tem a melhor defesa da Copa América

O Brasil garantiu vaga no quadrangular final da Copa América com uma rodada de antecedência. Além dos 100% de aproveitamento, o time do técnico Vadão sofreu apenas um gol no torneio. O bom desempenho defensivo passa pelo entrosamento da dupla de zaga formada pela baiana Rafaelle e a gaúcha Mônica. "A gente joga junto desde o Mundial de 2015, então já temos um tempo grande jogando juntas. Nos entendemos bastante, conversamos bastante ali atrás e acho que tem funcionado. Só tomamos um gol até agora, então está tudo certo", afirmou a baiana, criada em Cipó, que é dona da camisa amarela número 4. Mônica também destaca que a parceria com Rafaelle não é só dentro de campo. Fora das quatro linhas, as duas também tem uma amizade. "Desde que a gente chegou nessa Seleção do Vadão, eu e a Rafa sempre tivemos uma proximidade legal. Mesmo antes a gente não sendo companheiras de zaga sempre nos demos muito bem e, graças a Deus, isso está se transportando para o campo.


0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*