Procurar Notícia

Temer envia carta a Dodge depois de ser incluído em inquérito no STF

O presidente Michel Temer enviou nesta quinta-feira (8) uma carta para a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, depois de ser incluído em um inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo informações da jornalista Andréia Sadi, o texto relaciona artigos jurídicos que argumentam contra a investigação de fatos anteriores ao mandato do presidente. Um desses artigos é do é do ministro da Justiça, Torquato Jardim. Ainda segundo Andréia Sadi, Temer afirma a aliados que não quer influenciar a procuradora com a carta. Ele foi incluído em um inquérito que apura o pagamento de propina da Odebrecht a políticos do PMDB em troca de um decreto relacionado ao setor de portos, que foi publicado pelo presidente no último ano. A inclusão aconteceu por decisão do STF, após recomendação da procuradora-geral da República. A Constituição diz que, durante o mandato, o presidente não pode ser “responsabilizado” por atos estranhos ao exercício de suas funções. Para Dodge, no entanto, isso não impede que Temer seja investigado. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*