Procurar Notícia

PF brasileira atesta inocência de baianos julgados em Cabo Verde por tráfico de drogas

Três brasileiros, entre eles dois baianos, presos por supostamente cometer tráfico internacional de drogas, começaram a ser julgados nesta segunda-feira (12) em Cabo Verde, na África. Nesta segunda, primeiro dia de julgamento, foram ouvidos os velejadores baianos Rodrigo Dantas e Daniel Guerra, além do gaúcho Daniel Dantas e um francês, que também estava no veleiro. O juízo pode durar ainda mais dois dias. Eles são acusados de levar mais de uma tonelada de cocaína no veleiro que conduziam até a Ilha de Açores, em Portugal. No entanto, investigações da Polícia Federal na Bahia apontam que o grupo não é culpado.De acordo com as apurações, a droga foi colocada na embarcação sem que eles soubessem. Entretanto, o Ministério Público de Cabo Verde se nega a reconhecer o que disse a PF. De acordo com a polícia, a droga foi embarcada, na verdade, na cidade de Guarapari, no Espírito Santo. Quando eles começaram a conduzir o veleiro, a carga já estava lá. As investigações ainda apontaram que o inglês George Soul, apontado como dono da embarcação, revestiu o local em que a cocaína estava com vidro. Quando o navio já estava carregado, Soul se mostrava nervoso, de acordo com testemunha. Ainda conforme a PF, a droga estava tão escondida que, em uma inspeção feita em Natal por cães farejadores, a carga não foi detectada. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*