Oito adolescentes fogem de Case em Feira de Santana após agressão a funcionário

Oito adolescentes fugiram após pularem um muro da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) Zilda Arns, em Feira de Santana, a cerca de 100 km de Salvador, na segunda-feira (5). Segundo a Polícia Militar, até a manhã desta terça-feira (6), sete deles já haviam sido encontrados e levados de volta à Case. Os menores fugiram após um adolescente agredir um funcionário socioeducador, em uma sala de aula, durante o horário para atividades de escolarização, no alojamento da Internação Provisória (IP). A Fundac informa que, em casos de fuga, utiliza como procedimento padrão a criação de uma comissão interna para apurar administrativamente o incidente e tomar todas as providências administrativas cabíveis. A fundação comunica às respectivas famílias sobre a fuga e encaminha à 2ª Vara da Infância e da Juventude os dados sobre os mesmos, além de um relatório sobre o caso. Em dezembro do ano passado, a Case Zilda Arns registrou uma rebelião porque faltou energia elétrica na unidade, e os internos ficaram sem alimentação. Três funcionários chegaram a ser feitos como reféns na ocasião. (G1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*