Cinco dicas para escolher o fone de ouvido ideal para você

Além de potentes, as pessoas buscam fones de ouvido com design personalizado. Mas é importante, além da qualidade do som, que o headphone seja confortável e permita que você ouça seus álbuns preferidos sem sentir dor de cabeça ou ficar com as orelhas "doloridas". Analisando tudo isso, veja quais são as cindo dicas para escolher um modelo que se encaixe de forma natural na cabeça, não pese, escorregue ou machuque, de acordo com o Tech Tudo.

1. Defina o objetivo do headphone: Antes de comprar os fones, pense sobre como você irá utilizar com o acessório: trabalhar em escritório? Gravar e editar músicas? Fazer exercícios na academia? Resolvendo essa questão fica mais fácil eliminar alguns modelos e escolher mais diretamente os fones de ouvido que se encaixem melhor no perfil desejado.

2. Ajuste na cabeça: Testar o ajuste na cabeça é tão importante quanto observar as conchas, almofadas e fios. Coloque o headphone e observe como ele se encaixa contra o seu rosto. A melhor opção é escolher um modelo que lhe permita ajustar o tamanho da parte de cima livremente para não ficar caindo ou apertando. Se o fone tiver muita pressão pode causar dores de cabeça ou, com pouca, escorregar enquanto você usa.

3. Rotação das conchas: Opte por conchas nas orelhas que permitam ajustes para dar liberdade de movimento ao usuário. Alguns modelos oferecem peças laterais com rotação horizontal e/ou vertical. Isso auxilia caso o usuário tenha o formato da cabeça mais oval, por exemplo.

4. Tamanho e profundidade das almofadas: As almofadas que ficam acopladas nas conchas são os componentes que terão contato direto com as orelhas e a cabeça. Há modelos com formatos de círculo, oval, quadrado ou em "D". É fundamental verificar qual se encaixa melhor e também observe a profundidade em relação aos seus ouvidos. Elas não devem ficar nem muito distantes, nem muito coladas para não causar desconforto.

5. Sem fio ou com fio? Existem diversos tipos de headphones à venda no Brasil. Eles podem ser encontrados em versões com e sem fio. Caso opte por um modelo wireless, leve em consideração o peso e o encaixe correto na cabeça. Já nos dispositivos com fio é interessante reparar no comprimento do cabo, sempre pensando onde vai ficar o dispositivo que será conectado.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*