7 aspectos a ter em conta na hora de tentar escapar da diabetes tipo 2

A diabetes é uma doença crônica causada pela produção insuficiente de insulina ou pela incapacidade do organismo a usar. Entre os vários tipos de diabetes está a diabetes tipo 1 – doença autoimune e sem cura – e a diabetes tipo 2, espelho dos tempos atuais e dos maus hábitos diários. Por ser uma doença de estilo de vida, o aparecimento da diabetes tipo 2 está diretamente relacionado com fatores como o sedentarismo, os maus hábitos alimentares e a obesidade. A prevenção da diabetes tipo 2 está diretamente relacionada com mudanças de hábitos e com a adoção de uma forma de estar mais saudável. Como destaca o site do "Guardian", estes são os sete aspectos a ter em conta na hora de escapar da diabetes tipo 2:

1 – Conhecer o risco. Um dos maiores inimigos da diabetes tipo 2 é a falta de um diagnóstico, isto é, o conhecimento tardio que se está já em pré-diabetes. Consultar um médico assim que surgem os primeiros sinais suspeitos é um dos passos a dar;

2 – Reduzir ou banir o consumo de bebidas açucaradas e alcoólicas. O risco de diabetes aumenta em 20% com o simples hábito de beber um copo de bebidas açucaradas por dia (o equivalente a 200 ml de refrigerantes, sucos de pacote, bebidas energéticas etc). O consumo elevado de bebidas alcoólicas tem um impacto direto na sensibilidade à insulina;

3 – Perder peso. O excesso de peso é uma outra causa para esta doença, devendo, por isso, as pessoas prestarem atenção não ao IMC que têm, mas ao perímetro abdominal, sendo que as mulheres devem apresentar uma circunferência menor de 90 cm e os homens menor de 94 cm. O consumo de cinco peças de frutas e vegetais e ainda de fibra são outros aspectos a ter em conta;

4 – Cuidado com a quantidade. Comer muito em nada beneficia a saúde, muito menos quando se pretende prevenir o excesso de peso e a diabetes tipo 2. Deste modo, as pessoas devem consultar um nutricionista para saber qual o plano alimentar mais indicado e as quantidades que melhor se adaptam às suas necessidades;

5 – Dar ouvidos ao corpo. Importa conhecer os sintomas da diabetes e pré-diabetes e jamais desvalorizá-los;

6 – Mexer o corpo. A prática de exercício físico é um dos melhores escudos protetores contra a diabetes, uma vez que 150 minutos semanais de atividade moderada (como a caminhada) é o suficiente para baixar o risco da doença em 26%;

7 – Dormir. Ter uma boa rotina de sono é fundamental para manter o organismo equilibrado e para manter sob o controle o hormônio responsável pela sensação de saciedade, que tende a ‘funcionar’ indevidamente quando não se dorme. 

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*