Suspeito de fraude no Enem confessa que usou celular durante prova na Bahia para copiar texto de redação

Um rapaz de 27 anos, suspeito de plagiar a sinopse de um livro na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2017, confessou à Polícia Federal, em depoimento, que copiou na própria prova um texto que achou na internet através do celular. A informação é da Polícia Federal que após anunciar o cumprimento de buscas e apreensão na casa do suspeito, realizou uma coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira (19), em Salvador, para dar mais detalhes do caso. Na casa do suspeito, localizada no bairro Macaúbas, na capital baiana, além do celular a polícia encontrou o rascunho da prova de redação, onde também constava o trecho do livro. De acordo com a PF, o rapaz disse que agiu sozinho e que conseguiu burlar a entrada dele na sala de aula com o celular escondido na cintura. O suspeito fez as provas no Pavilhão VI da Universidade Federal da Bahia (UFBA), localizado no bairro da Federação. Ele informou ainda, que mesmo durante a passagem de fiscais pela sala, ele disfarçava e escondeu o aparelho eletrônico entre as pernas.A delegada da Polícia Federal que é responsável pelo caso, Suzana Jacobina, disse que o caso foi isolado, mas que a polícia vai identificar os fiscais e chamá-los para depoimento. Além disso, o celular do rapaz foi levado para perícia. "Ele confessou, disse que estava testando os conhecimentos, mas que por ter ficado nervoso acabou fazendo a pesquisa no celular. A falha foi pontual, não identificamos a participação de organização criminosa e o Enem não será cancelado, já ele foi eliminado da prova. Ontem quando foram divulgados os resultados das provas, ele também pode ver a nota dele e percebeu que a redação estava zerada. Quando foi hoje fizemos as buscas na casa dele", explicou a delegada. (G1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*