Incêndio na Boate Kiss completa cinco anos; relembre a tragédia

A tragédia na boate Kiss, o maior incêndio da história do Rio Grande do Sul completa cinco anos neste sábado (27). Ao todo, 242 pessoas morreram, na sua grande maioria jovens, em Santa Maria, na Região Central do estado. O fogo começo quando um integrante da banda 'Gurizada Fandangueira', acendeu um sinalizador que emitia fagulhas. Logo as chamas chamas se espalharam por uma espuma que cobria o teto da boate e era altamente inflamável. O inquérito policial, incluiu 28 pessoas como responsáveis pela tragédia, incluindo os dois donos da boate, o produtor da banda e o músico que acendeu o sinalizador. Posteriormente, mais quatro bombeiros foram denunciados, por conta de irregularidades no laudo que permitia o funcionamento da casa. Dentre os quatro um deles foi julgado e absolvido, dois foram condenados pela Justiça Militar por expedição de alvará e outro pela Justiça comum por fraude processual. Mas todos cumprem penas em liberdade. (Noticias ao Minuto)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*