Estoque de vacinas para febre amarela está no limite

A vacina contra a febre amarela enfrenta obstáculos que ameaçam seus estoques. Desde o complexo processo de produção, até o reduzido número de fabricantes, desencorajados pelo baixo preço final. Desde janeiro de 2017, o Estado de São Paulo registrou 81 casos da doença, com 36 mortes. Houve ainda ao menos três óbitos associados a efeitos adversos graves da imunização. Embora considerada segura e de alta eficácia, a vacina contra a febre amarela tem só quatro produtores certificados pela OMS (Organização Mundial da Saúde). Ao todo, a produção mundial estimada para este ano é de 105 a 132 milhões de doses. Estudo publicado em agosto do ano passado no periódico médico “The Lancet” estima em 393 milhões a 472 milhões o número de pessoas que precisam ser vacinadas em áreas com circulação do vírus. Meses depois de ajudar a abastecer o estoque internacional de vacinas, em 2017 o Brasil teve que recorrer a ele em meio ao maior surto da doença já registrado desde o início da série histórica. Foram 779 casos de julho de 2016 a junho de 2017, principalmente em Minas Gerais. (Bahia.Ba)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*