Datafolha: Sem Lula, Wagner aparece com 2% dos votos

Em um cenário eleitoral sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE) e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), aparece com 2% dos votos na corrida presidencial, segundo a primeira pesquisa do Datafolha divulgada nesta quarta-feira (31). O ex-chefe do Palácio de Ondina tem sido cotado para substituir Lula, que pode ter a candidatura indeferida depois de o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) manter a decisão do juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo processo da Lava Jato na primeira instância, e aumentar a pena de nove anos e seis meses para 12 anos e um mês. O deputado federal Bolsonaro aparece em primeiro lugar no principal cenário sem Lula, com 18%. Marina Silva lidera o segundo pelotão, com 13%. Ciro Gomes (10%), Geraldo Alckmin (8%) e Luciano Huck (8%) estão tecnicamente empatados. O percentual de eleitores que diz não saber em quem votar ou que votaria em branco ou nulo sobe de 16% para 28% quando o ex-presidente não é um dos candidatos.

Segundo o Datafolha, se Lula puder disputar a eleição, o ex-presidente mantém vantagem sobre os rivais, com até 37% das intenções de voto. No segundo turno, venceria Alckmin (49% a 30%) e Marina (47% a 32%), além de Bolsonaro.

O Datafolha fez 2.826 entrevistas em 174 municípios. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR 05351/2018. (Bahia.Ba)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*