Tendências fitness que devem desaparecer em 2018

O mundo do fitness não para de se reinventar. Todos os anos nascem novas tendências, modalidades e formas de treinar. Mas algumas delas não fazem qualquer sentido e, no fundo, em pouco ou nada contribuem para a boa forma física. De acordo com o site Eat This, Not That!, existem algumas tendências do fitness que devem desaparecer no próximo ano. É o caso das aulas de sono. Sim, aulas de grupo em que cada participante nada mais faz do que dormir. Embora a qualidade de sono seja um dos fatores mais importantes para a saúde e boa forma física, dormir no meio do dia não contribui para uma boa rotina de sono. Aliás, pode até comprometer a capacidade de adormecer e dormir durante a noite. O yoga é uma das modalidades que veio para ficar, mas o yoga com gatos e o yoga com cabras têm os dias contados.Esta forma de treino não é boa para as pessoas e nem tão pouco para os animais, podendo ser um motivo de estresse para todos. E por falar em tipos de yoga que não fazem sentido, se o hot yoga é bom para perder mais calorias, o ‘wine yoga’ nada mais faz do que aumentar as calorias. Tal como o nome em inglês diz, esta modalidade alia o yoga ao vinho. Os treinos com botas de salto (ou kangoo jumps) têm também os dias contados e muito por culpa do preço do equipamento e das limitações que traz a vários exercícios. Por fim, diz a publicação, também os treinos de eletroestimulação devem desaparecer no próximo ano, não só por induzirem muitas pessoas em erro (que pensam que por treinaram muito com eletroestimulação podem comer o que quiserem), mas também por se tratar de uma modalidade limitada e a verdade é que os músculos precisam de uma combinação eficaz e variada de treinos.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*