Paulo Afonso: Júri condena homem a nove anos de prisão por homicídio qualificado

O Tribunal do Júri em Paulo Afonso, na região do Vale do São Francisco, condenou o réu Marcelo Nascimento Bezerra a nove anos, quatro meses de reclusão, em regime inicialmente fechado, pelo homicídio qualificado de seu tio Edison Candido da Silva. O julgamento foi presidido pelo juiz Euclides dos Santos Ribeiro Arruda. A acusação foi feita pelo promotor de Justiça Marco Aurélio Nascimento Amado. A sessão durou mais de oito horas e foi marcada por intensos debates entre a defesa e a acusação. O crime ocorreu no dia 20 de maio de 2013, por volta das 14h, na Oficina Bezerra, no bairro Jardim Bahia, em Paulo Afonso. Na ocasião, houve uma discussão entre o denunciado e seu irmão Wellington, vulgo ‘Nego’, e ao presenciar a cena, a vítima Edison da Silva se aproximou e tentou acabar com a briga entre seus sobrinhos. Porém, no momento em que Marcelo Bezerra apontou uma arma contra seu irmão Nego, este segurou a mão dele para detê-lo, mas o denunciado disparou três tiros que atingiram seu tio. Marcelo Bezerra cumprirá a pena no Complexo Prisional de Paulo Afonso. Este júri marcou o encerramento do Movimento Nacional de Júris na comarca, que ocorreu em todo o mês de novembro.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*