Procurar Notícia

A violência no Brasil mata mais que a Guerra na Síria

Os assassinatos no Brasil entre 2001 e 2015 tiraram a vida de mais pessoas no país do que o somatório de mortes ocorridas nas guerras do Iraque e da Síria, segundo dados publicados nesta terça-feira em um levantamento feito pelo jornal O Globo. Os dados compõem um crescimento exponencial da violência nas cidades brasileiras durante o mesmo período. Segundo dados do Datasus, plataforma do Sistema Único de Saúde, ligado ao Ministério da Saúde, 786.870 pessoas foram assassinadas no Brasil entre janeiro de 2001 e dezembro de 2015, o que corresponde a uma morte a cada dez minutos, informou a publicação. A título de comparação, 331.765 mortes foram registradas na Síria entre março de 2011 e julho de 2017, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos. Já o projeto Iraq Body Count (Contagem de Mortos no Iraque, em tradução livre) mostra que 268 pessoas morreram no Iraque entre 2003 e 2017. Somadas as suas guerras, 570.573 pessoas perderam a vida nos dois países que vivem conflitos internos.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*