Submarino argentino desaparece com 37 pessoas a bordo

O submarino Ara San Juan desapareceu na zona sul do mar argentino, e agora as operações de busca são realizadas no Golfo San Jorge. O jornal Clarín anunciou que dentro do Ara San Juan, estavam 37 pessoas, incluindo oito oficiais. A Marinha disse sem dar mais detalhes, que fará uma declaração para relatar o que aconteceu. Há a possibilidade de o submarino ter tido um problema de corte de energia e ter sofrido um incêndio devido à explosão de uma das linhas da bateria, na área do Golfo de San Jorge, perto de Puerto Madryn. Contudo, as Forças Armadas da Argentina não confirmaram. De acordo com fontes locais, a última posição do submarino corresponde ao início do 15 de novembro às 7h30 horas locais, 46 ° 44 'de latitude norte e 59 ° 54 oeste a oeste. Estas coordenadas são do auge de Puerto Madryn.

O submarino estava operando junto com outras unidades da frota marítima, em tarefas de controle da zona econômica exclusiva. O ARA San Juan (S-42) é um tipo submarino TR-1700 fabricado na Alemanha que serve a Marinha Argentina desde 1985. É um sistema convencional de propulsão diesel e snorkel, projetado para ataques contra forças de superfície, submarinos, tráfego comercial e operações de mineração. No início deste mês, a mídia informou que a Área Naval do Sul autorizou o ARA San Juan, juntamente com outros navios, a participar dos exercícios integrados de treinamento e patrulha marítima. Até o seu retorno à operação em maio de 2014 , o navio permaneceu em reparação por sete anos no estaleiro argentino de Tandanor. (Noticias ao Minuto)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*