Papa diz que omissão com pobres é pecado

O Papa Francisco celebrou uma missa e ofereceu um almoço no Vaticano pelo primeiro Dia Mundial dos Pobres neste último domingo (19) a data foi instituída por ele. Na homilia realizada na Basílica de São Pedro, acompanhada por cerca de 7 mil pessoas, o pontífice condenou a omissão com os mais necessitados. "E a omissão é também o grande pecado contra os pobres. Aqui assume um nome preciso: indiferença. Esta é dizer: 'Não me diz respeito, não é problema meu, é culpa da sociedade'", disse o líder religioso. "É passar ao largo quando o irmão está em necessidade, é mudar de canal, logo que um problema sério nos indispõe, é também indignar-se com o mal mas sem fazer nada", completou. Francisco também afirmou que reza pela tripulação do submarino argentino que está desaparecido desde quarta (15).

ALMOÇO COLETIVO
Após a celebração, o papa recebeu 1.500 pessoas em situação de necessidade, entre eles sem-teto, imigrantes e desempregados, na Sala Paulo VI para um almoço. Foi servido nhoque, vitelo e tiramisu. Eleito em 2013, o papa escolheu o nome Francisco para assumir a igreja católica. Na tradição da religião, Francisco é o nome do santo considerado o protetor dos pobres e dos animais. Segundo a agência de notícias AFP, foi aberta uma clínica média gratuita na praça de São Pedro. O intuito é atender a população de rua de Roma. Com informações da Folhapress.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*