Menos tons de cinza: Saiba como combater olheiras

Ninguém gosta delas. As olheiras, aquelas manchas escuras embaixo dos olhos, que tanto aparecem em mulheres, como em homens (pelos mais diversos motivos) podem ser combatidas por algumas soluções. As rugas indesejadas tem origem genética, recorrente em orientais e árabes, como também por circunstâncias de estresse, fadiga, desidratação, má circulação do sangue, problemas de rinite e sinusite, cigarro, álcool, vida noturna agitada e a espessura da pele nesta região, naturalmente fina. Segundo a dermatologista Isabel Martinez, em matéria do IG, alimentos com alto índice glicêmico (açúcar no sangue) podem influenciar o aparecimento das manchas. 
Como não existe um tratamento milagroso para livrar o rosto das olheiras, alguns procedimentos podem funcionar. Inicialmente, é recomendado consultar um médico especialista para analisar o caso e prescrever produtos tópicos que tenham cafeína, vitaminas K ou C, retinol e algum despigmentante. Sobre o ritual de pôr pepinos nos olhos, especialistas informam que não há comprovação científica de que o vegetal melhore a aparência. Segundo a dermatologista Helua Mussa Gazi, o que acontece é que o gelado contrai os vasos sanguíneos, o que ameniza o tom arroxeado. Caso não funcione, vale a pena ir ao otorrino para verificar se o tom escuro é fruto de distúrbios respiratórios. A especialista ainda informa que remover a maquiagem antes de dormir deve se tornar um ritual de beleza diário, pois à noite é que a pele consegue se restaurar. Protetor solar também é fundamental para evitar o envelhecimento precoce. A médica diz que os adesivos (também chamados de patches) que prometem ação clareadora, combatem mais a flacidez do que a olheira em si. 

Receitas Caseiras: Receitas caseiras simples de fazer – como compressas frias com chá de camomila, que contém substâncias clareadoras – e massagem matinal, com creme hidratante para pálpebra à base de ácido hialurônico, são opções para acabar com a indesejada com camomila ou Bepantol.

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*