Gilmar Mendes pede mudança no horário de verão de 2018

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, entregou ofício ao presidente Michel Temer pedindo alteração no horário de verão do próximo ano. A ideia é que a alteração nos relógios ocorra somente após o segundo turno das eleições, que acontece no último domingo de outubro. Normalmente, o horário de verão começa no terceiro domingo de outubro. Em 2018, iria de 21 de outubro a 17 de fevereiro, depois do Carnaval. Portanto, caso o pedido seja acatado, o horário de verão seria mais curto no próximo ano. O Código Eleitoral determina dia e hora em que as eleições ordinárias devem ocorrer. "O primeiro turno deve ser das 8h às 17h do primeiro domingo do mês de outubro (dia 7), e o segundo turno, no mesmo horário do último domingo do mesmo mês (dia 28)", diz o texto. Como o país tem quatro fusos horários, o início da votação não ocorre de forma simultânea em todo o território. De acordo com o jornal O Dia, o TSE afirma que "a razão do pedido é garantir que os diferentes fusos horários existentes no Brasil, acentuados pela mudança de ponteiros nos meses de verão no Centro-Sul do país, não causem atrasos na divulgação do resultado das eleições". (Noticias ao Minuto)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*