Dicas: Como não matar as plantas da sua casa

Se você é uma daquelas pessoas que não consegue manter plantas vivas em casa por muito tempo, a jardineira Carol Costa, autora do livro Minhas Plantas, dá algumas dicas para você fazer as pases com os vasos. 

A primeira coisa que ela ensina é que não existe isso de "dedo podre" e o problema é que você ainda não encontrou a planta que vai bem an sua casa. "Às vezes, você está fazendo de tudo, mas a plantinha não tem nada a ver com o clima da sua casa, da sua cidade", diz Carol. Ela indica plantas nativas do Brasil ou tropicais, e uma dica é observar as plantas que vivem no seu bairro e estão bonitas, depois, tire foto delas e vá às compras. 

Na hora de escolher o local, deve ter cuidado e observar se a planta escolhida é de sol, meia-sombra ou sombra. As primeiras devem tomar oito horas de sol diariamente, enquanto as segundas precisam de metade disso. Já as plantas de sombra precisam apenas de claridade, mas nunca luz solar direta. Quem mora em casa ou tem varanda, o melhor local é colocar as plantas fora da casa. Em apartamentos, a 3 metros da janela é o ideal. 

De acordo com o site da revista Cosmopolitan, Carol indica, para as jardineiras iniciantes, temperos como manjericão, coentro, orégano, tomilho e hortelã. Eles devem ficar em vasos de 30 centímetros e em espaços que tenham bastante sol. A rega deve ser feita sempre que a terra tiver seca. 

Para regar de forma correta, a jardineira sugere colocar a ponta do indicador na terra para verificar se está seca, se estiver, é hora de molhar, mas se estiver úmida, não é necessário. Use um baldinho para dar bastante água para a planta. Segundo Carol, é melhor molhar muito de uma vez do que um pouco a cada dia. Borrifar a planta também deve ser um hábito nos dias quentes, para refrescar a planta, mas isso não substitui a rega. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*