Seis hábitos de beleza que você deve parar de ter

Certos costumes de beleza são herdados há muito tempo e apesar de resolver instantâneamente alguns desejos estéticos, podem acabar provocando lesões e outros prejuízos à saúde. Veja alguns equívocos que você precisa abandonar: 

1. Lixar com muita frequência os pés: lixar muito os pés acaba fazendo com que a pele engrosse, pois o corpo entende o processo como uma agressão. O organismo resolve esse problema naturalmente, produzindo um tecido mais resistente com o intuito de se proteger. Para evitar que a pele engrosse, as lixas devem ser usadas apenas quando for muito necessário, como no cado de calos. 

2. Usar cotonete no ouvido: o hábito é bastante comum, porém desaconselhável. O cotonete, aop ser introduzido no canal do ouvido, causa uma fricção local da pele, deslocando e retirando a camada gordurosa protetora, gerando microfissuras na pele, que podem ser porta de entrada para infecções por bactérias, fungos e vírus. 

3. Não limpar e trocar a lâmina de depilação: depois de ser utilizada, a lâmina fica suja e cheia de pelos. O ideal é, após fazer uso do material, usar álcool na lâmina para desinfetar. Depis de limpa, ela deve ser deixada em um local livre de umidade. O banheiro, portanto, não é o melhor lugar. Além disso, é muito importante descartar a lâmina com certa frequência para não correr o risco de se contaminar com fungos e bactérias. 

4. Fazer esfoliação demais: é muito importante remover as células mortas da pele e estimular a circulação e recuperação da camada de colágeno. Mas de acordo com o site Vix, quando a esfoliação é realizada em excesso, além de provocar um ressecamento da pele, isso pode acabar estimulando a produção excessiva de oleosidade e até pigmentação.

5. Esfregar muito o couro cabeludo: além de poder causar danos aos fios, principalmente se você utilizar as unhas ao esfregar o couro cabeludo. Ao esfregar com muita força você incentiva ainda mais a secreção de óleo da glândula sebácea, deixando o cabelo mais oleoso. Em vez isso, massageie levemente com a ponta dos dedos o shampoo por alguns minutos e enxágue. 

6. Remover a cutícula: barreira natural de proteção das unhas, a cutícula não deve ser retirada profundamente. Deve-se também evitar cutucá-las, pois esse hábito pode trazer prejuízos à matriz da unha, causando deformações e até problemas mais graves como inflamações provocadas por agentes contaminadores.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*