Procurar Notícia

Apesar de fundo de R$ 1,7 bi, líderes partidários afirmam que caixa 2 continuará a existir

Uma reportagem do jornal O Estado de S.Paulo traz declarações dos líderes de vários partidos políticos sobre o financiamento da próxima campanha, e todos concordam em um ponto: o caixa 2, agora considerado crime, continuará existindo. Apesar do fundo de financiamento de R$ 1,77 bilhão aprovado pelo Congresso, eles acreditam que o valor não será suficiente para arcar com todos os custos da campanha. “Vai existir caixa 2? Vai. Mas está todo mundo com medo, com o tanto de empresário preso. Quem tem um pouquinho de juízo vai pensar duas vezes”, disse o presidente do PDT, Carlos Lupi. Para Carlos Siqueira, presidente do PSB, com as novas regras, será mais fácil perceber os excessos de quem estará infringindo a lei. “Quem quiser fazer caixa 2, que faça, e vá parar onde estão os que faltaram com a ética antes”, afirmou. Em 2014, a campanha de Dilma Rousseff custou R$ 318 milhões. “Os partidos vão ter de se adequar, reduzir os gastos de campanha”, afirmou a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann. (BocaoNews)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*