Setembro amarelo: veja os sinais de alerta de suicídio e como prevenir

Neste Setembro Amarelo , mês de Conscientização e Prevenção do Suicídio, o Hospital Santa Mônica preparou algumas dicas sobre como ajudar as pessoas que estão com depressão e têm ideação suicida. Doutor Claudio Duarte, psiquiatra do Hospital Santa Mônica, dá algumas dicas abaixo:

• Por mais difícil que seja a situação, é preciso ter a certeza que pensamentos suicidas passam e que a pessoa ficará bem quanto antes buscar ajuda;

• Não ficar sozinho e procurar ajuda imediata;

• Ligar ou conversar com um amigo, com algum familiar ou com um líder religioso;• Caso não encontre ninguém com quem conversar, ligar para o CVV – Centro de Valorização da Vida – é só discar 141 ou acessar cvv.org.br – há pessoas de prontidão para ouvir e ajudar 24h por dia;

• E, quanto antes, procurar ajuda de um psiquiatra (caso não tenha acesso prontamente a um psiquiatra, buscar primeiramente ajuda com qualquer outro médico ou profissional de saúde. Este profissional poderá disponibilizar o encaminhamento para um psiquiatra).

É de fundamental importância falar sobre suicídio sobre os sinais de alerta. Qualquer um pode ser um herói, ao salvar uma vida – a própria ou a de outra pessoa. E, para quem sofre de depressão, pode parecer que não há como resolver seus problemas e que o suicídio é a única maneira de acabar com a dor. Mas neste momento, é importante tomar medidas para se manter seguro – e começar a aproveitar sua vida novamente” salienta o psiquiatra. Mesmo quando as dores da vida parecem inevitáveis, lidar melhor com os sofrimentos e seguir vivo é sempre a melhor opção possível.

Sintomas: Os sinais de alerta nem sempre são óbvios e podem variar de pessoa para pessoa. São apenas sinalizadores, não o diagnóstico em si, podendo nem estarem presentes e não indicarem necessariamente risco de suicídio. Mas como são comumente associados ao perfil, vale a pena serem observados e conhecidos. Algumas pessoas deixam suas intenções claras, enquanto outras mantêm os pensamentos suicidas e sentimentos ocultos.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*