Reforma da Previdência pode ser votada em outubro; dificuldade é conseguir 308 votos

A reforma da Previdência pode finalmente ir para votação no plenário em outubro. A informação foi dada pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), durante evento da revista Exame. A questão, segundo Maia, é que o governo não conseguirá os 308 votos necessários para aprovação da PEC. "O problema não é a data, é ter voto para votar. Hoje tem menos votos do que antes. (...) É questão de trabalhar e mostrar a urgência para os parlamentares", disse Maia. Segundo ele, se a reforma for aprovada neste ano, o impacto na economia do próximo ano vai ser muito forte e colaborará com o pleito de 2018. Sobre as eleições, Maia avaliou que o candidato de centro é a alternativa com mais chances de vitória, já que a sociedade não tem dado força para discursos radicais. O presidente da Câmara ainda disse que se uma nova denúncia contra Michel Temer for enviada ao Supremo, é importante que a questão se encerre rapidamente para não prejudicar a agenda de reformas no Congresso Nacional. Mas se não houver embasamento para a denúncia, ela será arquivada. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*