Psicóloga cristã aconselha confissão: “Procure alguém de confiança”

A psicóloga evangélica Fabiana Bacelar foi entrevistada no programa De Tudo um Pouco, veiculado pela Rede Super, de Minas Gerais. Na ocasião, a profissional falou, sob a perspectiva de sua fé, a importância que enxerga em confissões. “Falar sobre a dor e sobre os nossos traumas, as nossas expectativas também é importante, porque nós podemos trabalhar e podemos mostrar para as pessoas aquilo que sentimos”, destacou a psicóloga. Fabiana afirmou que, para a confissão, é fundamental que seja alguém de confiança. “É importante procurar uma pessoa, um profissional ou também um pastor, alguém que possa ouvir sua demanda e a sua dor”, acrescentou. “Não devemos expor para qualquer pessoa. A gente precisa confiar naquela pessoa que está nos ouvindo para entender que ela está disposta para nos ajudar”, ponderou a psicóloga, que tratou, em seguida, de sua visão geral acerca de angústias. “Angústias não devem ser sufocadas pelos nossos sentimentos. Devem ser expostas ao outro. Muitas vezes, no nosso cotidiano, não conseguimos lidar com algumas situações. E é por isso que precisamos falar para o outro”, diz. Foi utilizado até um versículo bíblico para embasar a ideia da psicóloga. No caso, Tiago 5:16, o qual enfatiza a questão da confissão mútua, em oração, para contribuir na vida das pessoas que se consideram cristãs.
Assista:
Assim, Fabiana avaliou o papel do profissional da psicologia. “No dia a dia, o nosso papel é somente de ouvir, porque as pessoas querem falar. Elas precisam de falar, precisam de confessar”, contou. “Acho que esse gancho para o falar e muitas vezes a nossa participação ali é tão mínima que a gente traz a Palavra sim, traz o conselho, mas digamos que se fossemos quantificar, em uma hora a pessoa fala 45 minutos”, acrescentou. Segundo ela, o paciente tem a oportunidade de expor suas angústias. “É a vez dela colocar para fora. Esse ato dela faz com que se livre de um peso mesmo. Igual como a gente está com uma dor física mesmo, um corte, a gente coloca um remédio”.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*