Polícia localiza sexto suspeito de matar PM em Valença; Outros comparsas já tinham morrido

Foto: reprodução/Facebook. O policial Rogério Souza da Silva foi morto na noite do natal 

A Polícia Civil anunciou nesta sexta-feira (29/9) a prisão de Caio Pereira dos Santos. Ele é um dos suspeitos de assassinar o policial militar Rogério Souza da Silva, em dezembro de 2016, no município de Valença, a 270 km de Salvador. Na mesma ação, outro militar, João Feitosa da Silva Plínio Júnior, também foi baleado. Caio foi localizado por agentes da 5ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), na quarta-feira (27/9). Outros cinco homens suspeitos do crime morreram naquela mesma semana após troca de tiros com a PM. A dupla de policiais foi atacada por uma quadrilha de tráfico de drogas que atua no bairro do Tento quando realizava levantamento de informações, na noite de Natal. Na época, as investigações apontaram que a quadrilha responsável pelo atentado era liderada pelos irmãos Luciano de Iara e Cláudio de Iara. Adriano Bispo da Conceição e Rafael Ramos do Espírito Santo participaram do ataque contra os policiais. Descobertos por profissionais da 33ª Companhia Independente da Polícia Militar, no bairro do Tento, a dupla resistiu à prisão e morreu em confronto, ainda na noite daquele domingo. Outros dois acusados de participação na morte, Leandro Santos de Almeida e outra pessoa não identificada, tentaram fugir de barco, mas foram alcançados ainda no atracadouro de Valença. Houve confronto e, no revide, foram atingidos e não resistiram aos ferimentos. Já o quinto integrante da quadrilha, de nome não divulgado, resistiu a prisão e morreu na manhã seguinte. (Aratu)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*