Ferrari usada no tetracampeonato de Schumacher será leiloada

Considerado um dos carros mais importantes da carreira de Michael Schumacher, o modelo F2001 da Ferrari, usada no tetracampeonato do alemão, será leiloado no próximo dia 16 de novembro no Leilão de Arte Contemporânea de Nova York realizado pela empresa leiloeira Sotheby's. O modelo será apresentado em Hong Kong de 28 de setembro até 3 de outubro e estima-se que o lance inicial para arrematá-lo será de 4 milhões de dólares (cerca de 12,7 milhões de reais). O carro será leiloado ao lado de peças de arte de artistas como Andy Warhol, Francis Bacon e Jean-Michel Basquiat. Schumacher utilizou o veículo em três provas na temporada de 2001, inclusive na Hungria, GP em que o alemão se sagrou campeão do mundo pela quarta vez. "A oportunidade de adquirir uma Ferrari de F1, que foi guiada por Michael Schumacher, não aparece com frequência. Um carro vencedor é verdadeiramente especial, mas um carro que venceu duas provas e conduziu o maior piloto da F1 e a fabricante mais bem sucedida da F1 a dois títulos mundiais não é nada além de sensacional", disse a Sothesby's, em comunicado divulgado. Gregoire Billault, chefe do Leilão de Arte Contemporânea disse que é com grande satisfação que eles apresentam o carro justamente no ano em que a Ferrai completa 70 anos de sua fundação: "Temos muito prazer em participar do 70º aniversário da Ferrari ao oferecer o carro F2001 que levou Michael Schumacher ao título". Ken Ahn, presidente da Sothesby's, fez questão de ressaltar a importância do carro para a Fórmula 1: "Esse carro assegurou o 11º dos 15 títulos da Ferrari no campeonato de construtores, e o quarto de sete inigualáveis títulos de Michael Schumacher, colocando-o entre os melhores dos melhores do mundo dos motores". Enquanto isso, Schumacher segue sob cuidados médicos na casa de sua família, na Suíça, depois de ter sofrido uma grave lesão cerebral quando esquiava na França, em 2013.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*