Empresa lança aplicativo de táxi formado apenas por mulheres

Em frente ao crescente número de assédios contra mulheres em serviços de transportes privados, a empresária Gabriela Corrêa resolveu criar o Lady Driver, um aplicativo de mobilidade urbana desenvolvido para mulheres. O aplicativo é semelhante ao do Uber, porém presta o serviço apenas entre passageiras e motoristas mulheres. A idealizadora do projeto, Gabriela Corrêa, contou que a ideia surgiu depois dela ser assediada durante uma corrida de transporte e ter passado a viajar apenas com uma motorista mulher de confiança. Foi a partir dessa situação que ela decidiu reunir condutoras mulheres em um aplicativo. O aplicativo só funciona na cidade de São Paulo, onde foi projetado. Porém, de acordo com informações da empresa, existe um plano de expansão para outras capitais brasileiras, mas para isso, elas estão em busca de captação de recursos locais nas capitais. O Lay Driver é uma opção para mulheres se deslocarem sem os medos que teriam caso fossem transportadas por homens. Casos como a da escritora Clara Averbuck, que contou ter sido estuprada por um motorista do Uber em relato em seu Facebook, e tantos outros, que foram também divulgados na campanha #MeuMotoristaAbusador lançado por ela, nesta semana, alertam as mulheres aos riscos na mobilidade com transporte privado atual. Para mais informações sobre o projeto acesse o site. (Metro1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*