Eike diz ter dado R$ 1 mi para Crivella desistir concorrer nas eleições de 2012

O empresário Eike Batista afirmou em proposta de delação premiada que repassou R$ 1 milhão para Marcelo Crivella não disputar as eleições para prefeitura do Rio de Janeiro em 2012. Segundo Eike, o pedido foi feito pelo ex-governador Sérgio Cabral, um dos principais aliados de Eduardo Paes, na época prefeito da cidade. De acordo com a revista Veja, Eike contou ter sido informado por Paes que, para Crivella desistir de concorrer, o pagamento deveria ser feito por meio de caixa dois. Em 2012, Crivella, atualmente prefeito do Rio, ensaiou lançar candidatura, mas voltou atrás. Em nota, o advogado de Eike disse que não se manifestará. Em uma rede social, Crivella chamou a notícia de "sem pé nem cabeça". A defesa do ex-governador afirmou que a informação é falsa. Já Paes não se manifestou. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*