Cuidados com a saúde são essenciais antes de iniciar a prática de exercícios

A sensação de bem-estar após caminhar, nadar ou pedalar é indiscutível. Mas, antes de iniciar a prática de qualquer exercício físico, é preciso se conscientizar de que mesmo uma atividade mais leve exige esforço do coração, e ele deve estar preparado para suportar o esforço. Durante a atividade física, os músculos precisam receber maior quantidade de oxigênio, o que ocasiona maior volume de sangue bombeado para o coração e, consequentemente, aumento da frequência cardíaca. “É essencial consultar um cardiologista ou um clínico antes de iniciar qualquer atividade física para se certificar de que o exercício não trará nenhum risco à saúde. Algumas doenças cardíacas, preexistentes, podem exigir mudança do exercício prescrito ou até mesmo a interrupção da prática”, explica o cardiologista e diretor de Relacionamento com o Mercado do Laboratório Sabin, Anderson Rodrigues. Segundo o especialista, os "atletas de fim de semana" devem ter cuidado redobrado, pois além de não receberem os benéficos resultados da prática regular de atividade física, correm riscos de lesões musculares. Cometem o grande erro de, em um único dia do final de semana, submeter o corpo a esforços exagerados. “É importante seguir a recomendação médica para garantir a saúde antes, durante e depois das atividades físicas”, afirma. Exames laboratoriais - Vale lembrar que, na maioria dos casos, a morte súbita pode estar relacionada ao esforço do esporte e é provocada por cardiopatias conhecidas ou outras ainda não diagnosticadas. Neste e em outros casos, a prevenção é o melhor caminho. Além de consultar um médico, é fundamental fazer exames para checar a saúde antes de praticar atividade física. Faz-se importante a análise da hemoglobina através do hemograma. Outros exames que ajudam na avaliação são o teste de glicemia e o perfil lipídico. Eles são importantes devido a constantes erros alimentares das crianças e dos adolescentes. A precoce investigação ajudará a reduzir o risco cardiovascular da hipercolesterolemia (colesterol ruim alto) dos adultos. (Tribuna)

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*