Após contratar roteirização da Baía de Todos-os-Santos, Setur fará estudos técnicos

A Secretaria do Turismo do Estado (Setur) lançou na última quarta-feira (20) uma Manifestação de Interesse para contratação de consultoria para elaborar estudos de viabilidade, projetos executivos e estudos ambientais destinados à instalação de equipamentos de infraestrutura náutica na Baía de Todos-os-Santos. As propostas serão recebidas até as 18h do próximo dia 5. Também no contexto de implantação de uma política de turismo náutico na baía, a pasta já tinha firmado um contrato em fevereiro deste ano, no valor de R$ 1.331.543,45, com um consórcio formado pelas empresas Nippon Koei do Panamá, Nippon Koei do Brasil e Ruschmann para a elaboração do planejamento integrado do turismo náutico e cultural da BTS. O contrato tem duração de sete meses, encerrando, portanto, em setembro - no mesmo mês do ano passado, o mesmo consórcio já havia sido contratado para fazer um Estudo de Demanda Turística da Baía de Todos-os-Santos, por R$ 1,2 milhão. De acordo com a pasta, os objetivos deste contrato e o que será assinado após a Manifestação de Interesse têm escopos diferentes. “O contrato referente à elaboração do planejamento do turismo náutico cultural da BTS – Roteirização (assinado em fevereiro) irá definir os roteiros turísticos, assim como a localização das intervenções. No seu escopo estão incluídos estudos de oferta turística e levantamento de roteiros turísticos (atual e potencial) e planejamento espacial de roteirização com proposição das intervenções necessárias e das áreas passíveis para a sua implantação, dentre outros itens”, explica a Setur, em nota. O próximo contrato dirá respeito às questões arquitetônicas e de engenharia. “Esta nova fase contemplará um contrato para elaboração de projetos executivos de arquitetura e complementares de engenharia; elaboração de projetos executivos de dragagem e/ou derrocagem dos canais; e estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental, por exemplo”. O material produzido pelo consórcio, que está “em fase de finalização”, deverá ser utilizado pelo governo para nortear a criação de roteiros na baía. “Os roteiros propostos nas oficinas anteriores devem ser discutidos na última oficina, a ser realizada em Salvador (data ainda não confirmada), com representantes dos 18 municípios e do trade turístico”, afirma a Setur. As proposições já foram discutidas, entre os dias 30 de agosto e 4 de setembro, por meio de oficinas públicas, em Cachoeira, Madre de Deus e Itaparica, com a participação de técnicos do consórcio e da secretaria. “Os roteiros propostos envolverão os segmentos turísticos náutico e cultural, e irão definir a política de turismo para a Baía de Todos-os-Santos nos próximos anos”. O projeto de roteirização da Bahia de Todos-os-Santos tem disponíveis recursos na ordem de R$ 84,7 milhões por meio do Programa Nacional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur Nacional), com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e contrapartida do governo do Estado. “O objetivo geral é contribuir para a geração de empregos formais. Entre os objetivos específicos está o incremento do gasto turístico derivado dos investimentos a serem realizados para o turismo cultural e náutico na Baía de Todos-os-Santos”, afirma o subsecretário do Turismo, Benedito Braga, em nota. Questionada sobre a utilização desses recursos, a Setur informou que “a fase de aplicação de recursos para a promoção do turismo náutico e cultural na Bahia está sendo iniciada com o processo licitatório (em curso) para a contratação do Plano Estratégico e Operacional de Marketing Turístico para a Baía de Todos-os-Santos”. O certame está em fase de solicitação de proposta técnica e financeira. De acordo com o subsecretário, o material elaborado pelo consórcio servirá de embasamento para o plano de marketing.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*