10 a 1: Apenas Gilmar votou por suspender envio de denúncia contra Temer à Câmara

O Supremo Tribunal Federal (STF) encerrou o julgamento do pedido feito pela defesa do presidente Michel Temer para suspender o envio da segunda denúncia contra o peemedebista para a Câmara dos Deputados. Por 10 votos a 1, a Corte decidiu que a ação deve ser encaminhada à Casa. Com isso, a denúncia deve ser enviada para apreciação dos parlamentares nos próximos dias. Na quarta (20), a maioria dos ministros já havia decidido mandar a acusação para o Legislativo. Nesta quinta: votaram da mesma forma Celso de Mello, Marco Aurélio Mello e Cármen Lúcia. Apenas Gilmar Mendes divergiu e ainda defendeu que a denúncia fosse devolvida à Procuradoria-Geral da República (PGR). A defesa do presidente havia pedido que a denúncia fosse remetida à Câmara somente após a conclusão das investigações sobre se os delatores da J&F omitiram informações dos investigadores. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*