Sintomas de sopro no coração

O sopro no coração é um alteração cardíaca muito comum que provoca o surgimento de um som extra durante o batimento cardíaco, o que normalmente indica apenas turbulência na passagem do sangue, sem que exista alguma doença no coração. Neste caso a alteração é conhecida como sopro cardíaco inocente e não necessita de tratamento. De fato, o sopro é tão comum que muitos bebês nascem com essa alteração e se desenvolvem de forma completamente normal, podendo até curar naturalmente durante o processo de crescimento. Dessa forma, muitas pessoas podem nem saber que já tiveram um sopro cardíaco e algumas só descobrem durante exames de rotina, por exemplo. Porém, também existem casos raros em que o sopro pode ser sinal de uma doença cardíaca e, por isso, se o médico achar necessário podem ser feitos vários exames ao coração para confirmar se existe alguma doença que precise ser tratada.
Sintomas que podem indicar doença cardíaca
O único sintoma de crianças ou adultos que possuam um sopro cardíaco benigno é o surgimento do som extra durante a avaliação física feita pelo médico com um estetoscópio. Porém, se surgirem outros sintomas relacionados, o sopro pode ser sinal de alguma doença ou alteração na estrutura do coração. Alguns dos sintomas mais comuns nestes casos são:
Ponta dos dedos, língua e lábios roxos;
Dores no peito;
Tosse frequente;
Tonturas e desmaios;
Cansaço excessivo;
Suor excessivo;
Batimentos do coração mais rápidos que habitual;
Inchaço generalizado no corpo.
Nas crianças, pode surgir ainda falta de apetite, perda de peso e problemas no desenvolvimento, por exemplo.
Assim, sempre que surgir suspeitas de sopro no coração é importante consultar um pediatra, no caso de bebês ou crianças, ou um cardiologista, no caso de adultos, para confirmar o diagnóstico e identificar se existe algum problema cardíaco que precise ser tratado, ou se se trata apenas de um sopro inocente.

Como é feito o tratamento
O sopro no coração, quando é considerado inocente e sem prejuízos para a saúde, não precisa de tratamento e permite ter uma vida sem restrições. Isso geralmente acontece nas crianças que não possuem nenhuma outra doença cardíaca ou em gestantes, sem que isso traga prejuízos à gravidez ou ao feto. 

No entanto, quando o sopro no coração é causado por alguma doença, o tratamento pode ser feito através da tomada de medicações e, nos casos mais graves, através de cirurgia para corrigir o problema. Saiba quando a cirurgia deve ser feita. É importante lembrar que outras doenças menos graves, como a anemia, também podem causar sopro no coração. Nesses casos deve-se tratar imediatamente a anemia para que o sopro desapareça. (Tua Saúde)


0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*