Pilotos permitem criança comandar avião e são suspensos

A visita de um grupo de crianças à companhia aérea Air Algerie, da Argélia, foi o estopim para a suspensão de dois pilotos da empresa. Isto porque a dupla permitiu que um menino pilotasse uma aeronave durante o trajeto entre Argel e Setif, um percurso em que o voo dura cerca de 30 minutos. Vários grupos de criança órfãs participaram da iniciativa que abria as portas do avião e da cabine dos pilotos para elas conhecerem todo o ambiente. No entanto, sob a justificativa de que o menino era disciplinado e atento, os pilotos cederam o lugar ao garoto. A atitude custou o emprego dos profissionais, pois a iniciativa deles viola as normas de segurança de aviação comercial. Conforme os jornais europeus, os profissionais apelidaram o menino de “piloto honorário” e afirmaram que ele tem muitas qualidades e já dá indícios de que será um bom piloto. Além disso, as autoridades de segurança da companhia só tomaram conhecimento da atitude dos seus funcionários através de uma matéria exibida na TV.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*