Pesquisa aponta que 67% das pessoas desconhece a própria taxa de colesterol

Pesquisa desenvolvida pela Sociedade Brasileira de Cardiologia apontou que 67% das pessoas desconhecem os valores atuais de colesterol no próprio organismo. O colesterol alto é um dos fatores de risco para doenças cardiovasculares. "Conhecer o nível de colesterol é obrigatório para quem tem mais de 50 e para aqueles com menos de 50 anos que têm histórico de diabetes na família, que fumam, que têm vida sedentária", alertou o presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, regional do Rio de Janeiro, Carlos Peixoto. De acordo com o médico, o controle da alimentação é essencial para manter o colesterol em níveis aceitáveis, além da prática regular de exercícios físicos. O cuidado com a alimentação está entre as principais formas de controlar o chamado colesterol ruim no corpo.

Em entrevista à Agência Brasil, a professora Raquel Botelho, do Departamento de Nutrição da Universidade de Brasília (UnB), ressaltou que o colesterol vem de produtos de origem animal, como carne, leite e ovos. A especialista destacou a pele do frango como um dos produtos com maior concentração de colesterol ruim. "Tem que comer preferencialmente o frango sem a pele. A pele do frango ganha de todos [os demais produtos]. É um produto barato, que as pessoas acabam preparando com a pele. O ideal é assar e fritar depois de retirar a pele, porque senão parte derrete e entra na carne", recomendou. O porco, antes tido como um dos principais vilões não está entre os que contribuem com taxas mais altas, disse a professora. Ela destacou, além das carnes, o leite e derivados como fonte de colesterol. "Queijos mais curados, como o provolone, têm maior concentração de gordura, ao contrário dos mais frescos", acrescentou. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*