Número de casos de meningite na Bahia teve redução de 25%

A morte do bailarino Caíque Borges, 23 anos, na última segunda-feira (8), vítima de meningite, colocou a população em alerta para a doença. Mas, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), os dados são positivos. De janeiro ao dia 15 de julho deste ano, na Bahia, foram confirmados 210 casos de meningites, representando uma redução de 25% em relação ao mesmo período do ano passado. Em relação a óbitos, a redução foi de quase 48%. O tipo da doença que levou o jovem Caíque à morte trata-se da não bacteriana, de difícil diagnóstico, mas sem risco de contágio. “O paciente foi atendido uma vez no Hospital Couto Maia e não foi feito o diagnostico de meningite. No retorno, pela segunda vez, houve a suspeita. O paciente foi internado, mas foi a óbito”, explicou a Sesab. O sepultamento aconteceu no fim da manhã de ontem (8), no Cemitério Bosque da Paz, em Nova Brasília. A meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. Existem diversos tipos de meningite, e para cada um deles há causa e sintomas específicos. Doença contagiosa, a meningite pode ser causada por vírus, bactérias e fungos, entre outros agentes infecciosos.


0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*