Cinco suspeitos de roubo a banco morrem em confronto com a polícia em Juazeiro, na Bahia

Cinco suspeitos de participarem de um roubo a banco em Sobradinho, no norte da Bahia, morreram em confronto com policiais militares, em Juazeiro, na mesma região do estado. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o tiroteio ocorreu no final da manhã, após a PM receber uma denúncia anônima. Segundo a SSP, o confronto aconteceu com equipes da Rondesp/ Norte em uma chácara situada no Jardim Flórida, zona urbana de Juazeiro. A secretaria informou que os suspeitos se escondiam no local e planejavam atacar uma agência em Sento Sé, cidade que também fica no norte do estado, e tem atraído um grande número de pessoas após a descoberta de uma jazida de ametistas. A Secretaria da Segurança infomrou que, após a localização da chácara onde o grupo criminoso estava, os policiais fizeram uma campana dos arredores e conseguiram abordar dois suspeitos que passaram pelos PMs em um carro. Com eles, foram encontrados máscaras. A dupla confessou aos policiais que havia armas no esconderijo e levou os agentes até o local. No entanto, os suspeitos não falaram que havia mais gente do grupo criminoso na chácara. A polícia acredita que a dupla tentou armar uma emboscada para os policias, que foram recebidos a tiros e revidaram.

A dupla que levou os policiais até a chácara, além de outros três integrantes do grupo, foram atingidos no confronto. Eles foram identificados como Cleyton Alves Tenório, Wescley Aguiar de Oliveira, João Augusto Leal do Vale, Júlio Carlos Pereira Rocha. Um homem ainda não foi identificado. A polícia acredita que a dupla abordada pelos PM no carro tenha sido atingida pelos próprios comparsas durante o tiroteio. A SSP afirmou que todos os baleados foram socorridos para um hospital da região, mas não resistiram aos ferimentos. A polícia acredita que o grupo criminoso era formado por mais pessoas e que uma parte da quadrilha tenha conseguido fugir.

Na chácara onde os suspeitos se escondiam, conforme informou a Secretaria da Segurança Pública, foram apreendidas várias unidades de emulsão para explosivos com espoletas acopladas, três fuzis – dois de calibre 7,62 e um 556 – uma pistola 9 milímetros e dois revólveres, além de munições compatíveis com estes armamentos e de calibre.50. No local ainda foram encontrados quatro coletes balísticos e 200 miguelitos (instrumentos pontiagudos com várias pontas utilizados para furar pneus e provocar atraso na chegada do reforço policial via terrestre) e diversas placas de carros. (G1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*