Ao atingirem terceira idade, jovens de hoje terão menos saúde que idosos atuais

Embora a expectativa de vida tenha crescido nos últimos anos, não é garantia que a qualidade de vida dos futuros idosos seja melhor que a dos atuais. Uma pesquisa, realizada pela Economist Intelligence Unit (EIU), em parceria com a Merck Consumer Health, aponta justamente o contrário. Segundo os pesquisadores, quando os jovens de hoje atingirem 65 anos, eles serão menos saudáveis em comparação àqueles que possuem esta idade atualmente. O levantamento tomou como base entrevistas com pais, especialistas e educadores. Dentre eles, 32% relatou conhecimento sobre muitas crianças que já sofrem de alguma doença crônica. Dois terços desses grupos disseram ainda que essas crianças fazem "escolhas nutricionais precárias". De acordo com a pesquisa, as escolas demonstram grande preocupação com a falta de exercício físico, por exemplo, mas apenas 36% delas promovem práticas mais amplas de bem-estar. Outro fator em destaque é a ausência de programas educacionais que visem conter os índices de obesidade e distúrbios mentais dos jovens. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*