Vendas do varejo baiano caem 2,1% de abril para maio

As vendas do varejo, na Bahia, caíram 2,1% em maio, na comparação com o mês anterior, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O número anulou o crescimento de 1,8% verificado de março para abril, na série livre de influências sazonais. A retração das vendas no estado foi mais forte do que a variação negativa do varejo nacional (-0,1%) e acompanhou o movimento negativo do comércio verificado em 15 dos 27 estados. Em relação a maio de 2016, o comércio varejista baiano continua em queda (de 0,6%), ainda que se mantenha em sucessivas reduções no ritmo de recuo desde fevereiro ( quando caiu 6,4%). Com o resultado negativo de maio, nessa comparação com o mesmo mês do ano anterior, o varejo na Bahia acumula quase dois anos e meio (29 meses) de quedas consecutivas nas vendas, desde janeiro de 2015 (recuo de 3,7%). Entretanto, a perda de maio (-0,6%) foi a menor desde março de 2015 (quando caiu 0,4%).

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*