Servidores da saúde evacuam prédio anexo da Sesab com risco de desabamento no CAB

Servidores da saúde evacuaram o prédio anexo da Secretaria de Saúde do Estado, no Centro Administrativo, com risco de desabamento atestado pela Defesa Civil, após protesto do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado (Sindsaúde-Ba), nesta sexta-feira (28), para exigir a interdição imediata do imóvel para a realização da reforma necessária. O imóvel, onde funcionava o antigo prédio da Secretaria de Justiça e Diretos Humanos, sofreu danos estruturais graves após incêndio ocorrido em 2014, mas, até então, o Governo do Estado não realizou nenhuma intervenção corretiva na estrutura externa onde trabalham cerca de 200 trabalhadores, entre servidores e terceirizados. Durante a mobilização realizada dentro do prédio, a diretoria da entidade alertou os trabalhadores sobre a gravidade do problema e o descaso do secretário Fábio Vilas-Boas. A comissão foi recebida pelo engenheiro da Sesab César Chastinet e pelo assessor especial do gabinete Diego Alvarez, que prometeram se posicionar sobre as providências que serão tomadas, em nova reunião agendada para a próxima segunda-feira (31). A vice-presidente do Sindsaúde Tereza Deiró ressaltou que o laudo da Defesa Civil, emitido em 25 de julho de 2017, foi solicitado em caráter de urgência pelo sindicato, após demora do governo em se pronunciar sobre as condições de segurança e salubridade do prédio, mesmo diante de diversas solicitações do sindicato, através ofícios encaminhados para Sesab e outras secretarias do Estado. ”Essa não foi uma atitude coerente e responsável do secretário. Não é possível que ele ache que aqueles andaimes e pilares possam sustentar um prédio como este. Ele precisa ter zelo com a integridade física e emocional dos trabalhadores”, afirmou.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*