Secretaria da Educação realiza matrícula para o Programa Todos pela Alfabetização

A Secretaria da Educação do Estado está realizando a matrícula para os estudantes da 10ª etapa do Programa Todos pela Al­fa­be­ti­zação (TOPA). O Topa é voltado para a alfabetização de jovens acima de 15 anos, adultos e idosos. Os interessados devem se dirigir aos Núcleos Territoriais de Educação (NTE) ou às secretarias municipais de Educação dos 112 municípios que aderiram à 10ª etapa do programa (veja lista de municípios no Portal da Educação). Para se matricular, basta levar o RG ou CPF. A matrícula segue até o dia 30 de julho. Estão sendo ofertadas 15 mil vagas. As aulas começam no dia 7 de agosto. 

TOPA – Criado pelo Governo da Bahia, em 2007, o Programa Todos pela Alfabetização já beneficiou mais de 1,4 milhão de pessoas em todo o Estado, graças à parceria com prefeituras municipais, entidades dos movimentos sociais e sindicais e universidades públicas e institutos de Educação sem fins lucrativos. 

Formação – Com a proposta de discutir o planejamento geral das formações e definir a sua abrangência, a Coordenação de Projetos Especiais (COPE) está realizando reunião técnica,no auditório da Secretaria da Educação do Estado. Participam representantes das unidades formadoras da 10ª etapa do TOPA: Universidade Estadual da Bahia (UNEB), Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Instituto Educacional do Recôncavo Baiano (IERB) e Instituto Imborés. A reunião visa, ainda, socializar as situações que ocorreram durante as formações da 9ª etapa e dialogar com as unidades formadoras sobre o processo de formação inicial e continuada dos bolsistas.

“Esta é uma reunião de planejamento com as instituições selecionadas para fazer a formação dos alfabetizadores e dos coordenadores desta etapa do TOPA. Vamos discutir as diretrizes formativas, a abrangência de cada unidade formadora, pois vamos continuar fazendo este trabalho de alfabetização, que é fundamental para o Estado”, explica a coordenadora geral da COPE, Elenir Alves. Para a coordenadora pedagógica do Instituto Imborés, Ediórgia Cunha, o encontro é muito importante. “Já temos nove anos participando como unidade formadora do TOPA, trabalhando na questão da redução do analfabetismo e é uma satisfação poder colaborar com o processo de transformação social e de mudanças no processo de alfabetização das pessoas”, afirma. Já a coordenadora do Instituto Educacional do Recôncavo Baiano (IERB), Jucenalva Costa, ressalta que “esse alinhamento é muito significativo porque vamos discutir e traçar as nossas metas e reavaliar os trabalhos que já foram realizados e sociabilizar conhecimento”.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*