Saiba quais os melhores exercícios para praticar durante a gestação

A atividade física é muito importante para trabalhar e trazer benefícios para o corpo e a mente, sendo essencial para relaxar e melhorar o condicionamento físico. Durante a gestação, tais benefícios podem ser ainda maiores, já que podem ajudar até mesmo o bebê que está na barriga da mãe. Os exercícios, quando adequados ao momento da mulher, podem reduzir o risco de complicações no parto, além de melhorar no controle do ganho de peso e na redução do estresse e depressão, que são sintomas comuns devido a alteração de hormônios. Confira algumas dicas de como se exercitar nesse período.

Caminhada - A caminhada se destaca entre as atividades mais indicadas para a gestante. De acordo com vários especialistas da área, ela melhora o condicionamento cardiovascular ao mesmo tempo que aumenta o fluxo de sangue para o músculo, permitindo ainda a diminuição do estresse. Além disso, esse exercício pode ser feito com tranquilidade e respeitando os limites da grávida. Para que traga apenas os benefícios, é importante que a atividade seja feita em uma superfície regular, temperatura agradável, uma boa frequência cardíaca, além de roupas e calçados adequados para a caminhada. 

Pilates - Essa atividade já é muito conhecida entre as mulheres devido a vários benefícios aeróbicos, inclusive entre as gestantes. Mas é necessário que a futura mamãe tenha cuidado e respeite seus limites durante os exercícios dessa modalidade, já que alguns são contraindicados para as grávidas devido ao esforço ou posição. O benefício dessa atividade está principalmente no trabalho com o músculo do assoalho pélvico junto com a respiração, o que acaba melhorando a qualidade do parto e deixando-o mais tranquilo. Quando praticado de duas a três vezes por semana, o pilates evita ou diminui a diástase abdominal, problema comum no pós-parto.

Exercícios aquáticos - A natação e a hidroginástica também são excelentes opções para a gestante, principalmente porque os exercícios na água diminuem o impacto e o risco de qualquer lesão. Porém, por exigir um esforço físico maior, é mais indicado para quem já estava acostumada com a atividade antes de engravidar. Enquanto a natação é muito importante por trabalhar a respiração, a hidroginástica pode ajudar a aliviar e controlar o estresse. Um outro cuidado é com a temperatura da água, que deve ser amena, e o pH, que deve variar entre 7,2 e 7,6, para evitar infecção urinária e, consequentemente, a saúde do bebê.

Bicicleta ergométrica - Se a mulher gosta de pedalar, nessa fase é melhor que ela dê preferência para a bicicleta ergométrica com encosto. Ela diminui os riscos de queda e não sobrecarrega a região lombar, ajudando a manter o tronco ereto. É importante também que a gestante esteja bem posicionada e a bicicleta regulada, evitando que a angulação do joelho prejudique o exercício e traga malefícios para o bebê. (Acorda Cidade)

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*