Passagens aéreas têm preços até 53% mais baratos para julho; veja opções

Quem quiser esticar as férias do mês de julho vai encontrar passagens aéreas até 53% mais baratas, a depender do trajeto. Isto porque, de acordo com um levantamento feito com exclusividade pela plataforma Viaja Net para o CORREIO, a projeção de oferta de voos por parte das companhias aéreas foi maior para o período. Porém, a demanda não alcançou a expectativa, o que fez as empresas baixarem os preços. O levantamento listou, ainda, os dez destinos com saída de Salvador (ida e volta) que estão mais baratos no período. Entre eles estão cidades como Campina Grande (PB), Natal (RN), Uberlândia (MG), Vitória da Conquista (BA) e Recife (PE). “As empresas apostaram muito nas férias de julho, mas o que a gente tem verificado é uma baixa de demanda que não conseguiu segurar a oferta, o que acabou motivando o volume de promoções”, diz o gerente de Marketing do Viaja Net, Gustavo Mariotto. Os destinos nacionais, sobretudo para cidades nordestinas, reúnem o maior número de promoções, conforme acrescenta Mariotto. Há também opções de voos regionais disponíveis no site para viagens dentro da própria Bahia que estão com preços reduzidos, como, por exemplo, para as cidades de Vitória da Conquista (-43%), Paulo Afonso (-33%) e Ilhéus (-27%). 

“As promoções são específicas e expiram rapidamente, o que exige do consumidor paciência para pesquisar e ficar esperto acompanhando esses preços. Mas é possível, inclusive, encontrar passagens para a primeira semana de agosto com essa redução”, afirma. E parece que a estratégia das companhias tem funcionado. O empresário Marcus Brito mudou o mês das férias, de março para julho, principalmente por conta do volume de promoções que tem visto nas pesquisas em busca do valor mais em conta. “Deixamos este ano para viajar em julho, para tentar encontrar preços de baixa temporada. Aparecem promoções relâmpago. Tenho acompanhado os sites de vendas de passagem em busca de melhores descontos, sobretudo, durante a madrugada”, conta. Inicialmente, a ideia é ir para Fernando de Noronha, mas o empresário pode trocar o destino pelo Rio Grande do Norte ou outra capital do Nordeste, a depender do valor. “Vou viajar com minha esposa e quero encontrar passagens de ida e volta que não passem de R$ 3 mil, no total. Se não conseguirmos, trocaremos para outra cidade do Nordeste mesmo”, adianta.

A Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav-BA) também aponta que os preços estão mais competitivos do que no mesmo período do ano passado. Segundo o presidente da entidade, Jorge Pinto, na alta estação, o número de voos extras acirra a disputa. “Principalmente para os destinos do Nordeste as tarifas estão mais agressivas. É ainda uma época do ano que para os baianos as férias já terminaram, mas continua com muitos hotéis em promoção, o que estimula que o consumidor coloque este mês como uma boa opção para aproveitar esses descontos mais atrativos”.



0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*