“Eu não quero morrer enquanto não vier a Globo pedir desculpa para mim”, diz Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou nesta quarta-feira (6) sobre a expectativa para a sentença sobre o tríplex do Guarujá e deu uma declaração polêmica sobre a Rede Globo. O petista disse que não quer morrer enquanto a emissora não se desculpar com ele. “Eu tive no último ano mais de 20 horas de Jornal Nacional me denunciando. E eu não quero morrer enquanto não vier a Globo pedir desculpa para mim”, disse o ex-presidente, em entrevista à Rádio Arapuan, de Campina Grande (PB). Lula comentou, ainda, sobre os procuradores da Lava Jato e disse que eles se “comprometeram com mentiras”. “Os procuradores da Lava Jato estão numa encalacrada. Eles se comprometeram com mentiras, com a Rede Globo de Televisão, de vender mentiras todo dia. E agora eles não têm o que entregar”, declarou. O petista afirmou também que já provou a sua inocência. “No meu caso, eu já provei a minha inocência. Tô querendo que eles provem a minha culpa”, afirmou.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*