Dicas para saber interpretar a tabela nutricional

Para quem procura ter uma alimentação saudável, olhar a tabela de "Informação Nutricional" deve ser um hábito que ajudará a fazer melhores escolhas para a alimentação. A ordem dos ingredientes é descrita de forma decrescente, com o alimento de maior quantidade no topo e o de menor quantidade na base. A nutricionista Claudia Bastos de Oliveira relatou ao site Minha Vida que é importante estar atento principalmente à quantidade de açúcares (carboidratos), sódio e presença de gordura trans. Ou seja, ao perceber que esses alimentos estão no topo, significa que eles estão em maior quantidade e deve ser procurada uma opção mais saudável. A porção (gr ou ml) é a quantidade do alimento que deve ser consumida, levando em consideração uma dieta saudável. A indicação dos valores que se encontram na tabela se refere à porção indicada na embalagem do produto e não a ele como um todo. O valor diário, na tabela indicado como %VD, mostra o valor recomendado da quantidade de energia ou nutrientes que aquele alimento contém, em relação a uma dieta de 2.000 calorias.

Para tomar cuidado

Os carboidratos nos produtos industrializados são apresentados principalmente sob a forma de açúcar. São utilizados como fonte de energia, mas a parte não utilizada pelo corpo acaba se transformando em gordura. As gorduras trans, feitas a base de gordura hidrogenada, são encontradas em produtos como margarinas, sorvetes e salgadinhos e devem ser evitadas. O sódio, quando consumido em excesso está relacionado à elevação da pressão arterial, doenças cardiovasculares e obesidade. É encontrado no sal de cozinha e produtos industrializados, principalmente doces e refrigerantes.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*